.

.

29/07/15

Roger Waters - Newport Folk Festival 2015 (vídeos)


newport 2015

A edição de 2015 do Newport Folk Festival, além de comemorar os 50 anos da histórica apresentação de Bob Dylan com uma guitarra elétrica, foi marcada pela performance de Roger Waters e o “retorno” da Fender Stratocaster empunhada por Dylan em 1965.


Roger Waters tocou faixa inédita na comemoração dos 50 da histórica performance de Dylan com a Stratocaster


Em primeira performance ao vivo desde o fim da turnê The Wall em 2013, Waters realizou um show inteiramente acústico, no qual tocou canções do Pink Floyd e covers de Bob Dylan, Levon Helm e Buddy Guy.

Além disso, o baixista apresentou a inédita “Crystal Clear”. Por fim, o músico ganhou a companhia do grupo My Morning Jacket para tocar “Wish You Were Here”, uma das canções mais conhecidas do Pink Floyd.

Adquirida por Jim Irsay por US$965,000 em 2013, a célebre Fender Stratocaster utilizada por Bob Dylan voltou ao palco de Newport este ano.

Peça central de um dos episódios mais marcantes da história do rock, o instrumento foi alvo de críticas pelos fãs mais ortodoxos do folk, incluindo artistas como Irwin Silber e Ewan MacCroll. (Rolling Stone).









28/07/15

David Gilmour na nova edição da Uncut



A próxima edição da revista Uncut apresenta David Gilmour na capa. A Uncut falou com Gilmour sobre seu novo álbum a bordo do barco Astoria, seu estúdio de gravação ancorado no Tâmisa.

David Gilmour fala sobre o fim do Pink Floyd, seu novo álbum "Rattle That Lock", que sai em setembro e sobre a sensação de envelhecer. "Acho que me encontrei. É meio tarde para buscar algo novo ou ao menos reaver algo perdido, eu admito", diz Gilmour.

gilmour
“In some ways, I think I’ve found my feet,” Gilmour tells the magazine. “It’s quite late in life to start finding one’s feet, I must admit. Or at least, to find them again …”

Abaixo texto original do site da revista que faz uma prévia da matéria:

There are, perhaps, worse ways to spend the day. Last month, I was invited down to meet David Gilmour on his houseboat recording studio, Astoria, moored on the bank of the Thames. In a neat piece of theatre, Gilmour – accompanied by his wife, Polly Samson – appeared as if by magic in the impeccably kept grounds of Astoria; how did they do it? In truth, there’s a private tunnel designed by Capability Brown that runs underneath the road to emerge into the garden. A welcoming handshake and we were off.

Ostensibly, I was there to discuss Rattle That Lock – Gilmour’s first studio album in nine years. But during our time together, the conversation broadened out to explore Gilmour’s remarkable career, both as a solo artist and as a member of Pink Floyd.

Gilmour was a warm, courteous host. I asked his old friend Robert Wyatt for his first impressions of Gilmour, when they met over 40 years ago; it’s a description that still seems remarkably apt. “He had a patrician air that I find very unusual in rock music,” Wyatt told me. “He was dignified, witty. Grown up. I like him, but I’ve always been a little awestruck by him. Not because he’s intimidating, but you feel that he’s listening and watching. His bullshit detector is on ‘alert’ a lot of the time.”

Aside from Robert Wyatt, I also spoke to close friends and collaborators about their experiences with David down the years. I heard some terrific stories, and we also reflected on some amazing music, past and present. Oh, and David even dropped a major revelation about his future plans…

You can read our world exclusive interview with David Gilmour in the new issue of Uncut; which goes on sale in UK shops today. You can also buy it digitally by clicking here.

16/07/15

David Gilmour - Rattle That Lock - Song Interview & Audio




David Gilmour divulgou "Rattle That Lock" em sua página no Facebook, o lançamento do seu próximo trabalho solo para 18 de setembro. Em uma postagem no Facebook, o músico confirmou que o álbum "Rattle That Lock" sairá em vários formatos: CD, vinil, a deluxe CD & DVD box set e deluxe CD & Blu-ray.

Gilmour anunciou ainda quatro shows na América do Norte em 2016, em Los Angeles, Toronto, Chicago e Nova Iorque.  

Acima um curto EPK (vídeo para promoção discográfica) da faixa-título, incluindo entrevista. David Gilmour fala sobre seu novo álbum e apresenta um trecho de uma das canções que estarão no aguardado trabalho. No vídeo o músico mostra um trecho da faixa-título do trabalho e conta que a canção nasceu de uma forma bem inusitada. Gilmour disse que a inspiração para a faixa veio do jingle que pode ser ouvido nas estações de trem francesas antes de algum anúncio.

Gilmour conta que sempre que ouvia aquelas três ou quatro notas, sentia vontade de dançar. O artista então gravou o jingle com o seu celular e construiu uma canção em cima dele.

Quem certamente ficou feliz com a notícia foi Michaël Boumendil, o autor da vinheta e especialista em criar esse tipo de identidade sonora para várias empresas. O francês, sem querer, acabou se tornando parceiro de Gilmour. Uma honra reservada para poucos.

Abaixo o áudio da canção na íntegra, divulgado no canal de David Gilmour no youtube:





  1. 5 A.M (Gilmour)
  2. Rattle That Lock (Gilmour/Samson/Boumendil)
  3. Faces Of Stone (Gilmour)
  4. A Boat Lies Waiting (Gilmour/Samson)
  5. Dancing Right In Front Of Me (Gilmour)
  6. In Any Tongue (Gilmour/Samson)
  7. Beauty (Gilmour)
  8. The Girl In The Yellow Dress (Gilmour/Samson)
  9. Today (Gilmour/Samson)
  10. And Then… (Gilmour)


Na sequência, dois trechos anteriormente divulgados aqui, mas que vêm a calhar para instigar ainda mais nossa imaginação:



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ShareThis

Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *

Roger Waters

 - Brain Damage -
 Pink Days & Fat Old Suns 1973