.

.

19/09/13

Roger Waters diz a BBC World News: "Eu estava errado"


Roger Waters se arrepende de ter processado ex-companheiros do Pink Floyd

Foram quase trinta anos e alguns reencontros, nos palcos e fora deles, mas Roger Waters finalmente admitiu que se arrepende de ter processado os ex-companheiros do Pink Floyd quando saiu da banda, em 1985. Na época, Waters queria impedir David Gilmour e Nick Mason de continuarem usando o nome do grupo.

"Eu achava aquilo errado, e eu estava errado!", disse Waters em entrevista à BBC que vai ao ar nesta quinta-feira. "Claro que estava. Quem se importa? Foi uma decisão comercial e na verdade foi uma das poucas vezes nas quais o Direito me ensinou algo. Quando fui a eles e disse, 'Olha, estamos quebrados, isso não é mais o Pink Floyd', eles responderam, 'O que você quer dizer? Isso é irrelevante, é uma marca e tem valor comercial, você não pode dizer que ela vai deixar de existir'."

Roger Waters deixou o Pink Floyd em 1985 por conta de "diferenças artísticas" com o resto da banda. Dois anos antes, o grupo havia lançado o álbum "The final cut", inteiramente composto por Waters. Em 1984, tanto ele quanto Gilmour lançariam trabalhos solo, confirmando o afastamento.

O Pink Floyd, é claro, continuaria a existir com Gilmor, Mason e o tecladista Richard Wright e lançaria ainda dois álbuns de estúdio: "A momentary lapse of reason" e "The division Bell". Anos depois, os músicos se reaproximariam para algumas apresentações especiais, como o show do Live 8.

Na entrevista, Waters também revela planos de um novo disco. "Eu tive algumas ideias recentemente sobre as quais não vou falar, mas vou fazer um novo álbum", disse.

Next on - Thu 19 Sep 2013
  • BBC Two
Today10:35BBC TwoRoger Waters - Musician

DURATION: 30 MINUTES

Draw up a list of the biggest bands in the history of rock and roll and a remarkable number of them will be British. There's The Beatles and The Rolling Stones of course, but also Pink Floyd, whose albums 'The Dark Side of the Moon' and 'The Wall' remain rock classics. Stephen Sackur speaks to Roger Waters, who was a dominant figure in Pink Floyd until he quit in 1985. He is still performing and he remains the most controversial of rock stars. So what motivates him?

Broadcasts:


Thu 19 Sep 2013
10:35
BBC Two
Fri 20 Sep 2013
00:30

Fri 20 Sep 2013
04:30
BBC News Channel


Roger Waters: 'I was wrong' about Pink Floyd
Story | Sep 18, 2013 | 2:03 PM

British rocker Roger Waters tells the BBC World News that “I was wrong” in a new wide-ranging interview slated to air Thursday, but he’s not talking about his controversial comments recently urging musicians to boycott Israel, instead apologizing for preventing his former Pink Floyd bandmates from continuing to use the name after he left the group.

“I did think that was wrong, and I was wrong!” Waters says on the show "HARDTalk." “Of course I was. Who cares? It was a commercial decision and in fact it’s one of the few times that the legal profession has taught me something. Because when I went to these chaps and said, 'Listen, we’re broke, this isn’t Pink Floyd anymore,' they went, 'What do you mean? That’s irrelevant, it is a label and it has commercial value, you can't say it’s going to cease to exist.'”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *