.

.

09/07/11

Camel – Mirage 1974

Fxs: 2 e 3

Com suas raízes plantadas no distante ano de 1968, o CAMEL foi efetivamente constituído em 1972.

Nunca chegaram a atingir a fama dos maiores expoentes do Movimento Progressivo, tais como Pink Floyd,Yes, Genesis, ELP e Jethro Tull, mas, apesar disso, foram (e ainda são) um dos grupos de maior poder influenciador entre os artistas do rock progressivo.

Tal fato se deve, fundamentalmente, ao estilo encantadoramente melódico do guitarrista ANDY LATIMER, um dos fundadores e único a permanecer até hoje.

Latimer, também flautista e vocalista, é o líder incontestável da banda já há muitos anos, mas, em todo esse tempo, sempre permitiu que seus companheiros tivessem todo o destaque instrumental e vocal possível.

Earthrise

Assim sendo, em sua extensa discografia de mais de 20 albuns, muitos artistas tiveram brilhante participação.


Como destaques citemos:

- DOUG FERGUSON: Baixista, foi o 1º a se unir a Latimer, em 13/11/68, quando criaram o trio de blues "The Brew". Foi quem indicou a entrada de Andy Ward e Mel Collins e quem sugeriu gravar um disco baseado no conto "The Snow Goose", de Paul Gallico, o que acabou realmente ocorrendo e levou a banda ao estrelato

- ANDY WARD: Excelente baterista, uniu-se a Latimer e Ferguson com apenas 14 anos de idade, sendo que, após sua entrada, reduziram o nome da banda para BREW. Permaneceu até 1981, quando uma crise emocional o levou a tentar o suicídio, impossibilitando-o de continuar a praticar seu instrumento

- PETER BARDENS: Tecladista de grande criatividade, destacou-se também como excelente compositor e pelo belo timbre vocal. Já um veterano, havia trabalhado com nomes como Rod Stewart, Peter Green e Van Morrison e lançado 2 excelentes albuns solo. Integrou a banda entre 71 e 78, retornando entre 82 e 85, com o detalhe que somente após sua entrada é que o nome CAMEL foi adotado.

- MEL COLLINS: Um dos melhores saxofonistas do Rock, é também um dos mais requisitados Músicos de Estúdio de todos os tempos. Entrou para a banda em 1976, e participou de todos os trabalhos do grupo (exceto "Single Factor", de 1982) até 1985

- RICHARD SINCLAIR: Proveniente do CARAVAN, marcou forte presença com sua voz singular e seu baixo altamente jazzístico, atuando entre 1976 e 1978

- COLLIN BASS: Possuidor de agradabilíssimo timbre vocal e de ótima capacidade técnica como baixista, Colin tornou-se o fiel escudeiro de Latimer de 1979 até hoje. Também tem produzido discos solo e, de tal forma belos, que muitas pessoas desejam profundamente que ele realize algum concerto individual

- GUY LEBLANC: De origem canadense, integrou-se ao CAMEL há pouco mais de 1 ano, tendo obtido perfeita sintonia com Latimer e Bass. Já tendo lançado pelo menos 2 albuns solo, LeBlanc tem se destacado amplamente como um dos mais talentosos tecladistas do Cenário Progressivo atual através de suas brilhantes atuações a frente do grupo NATHAN MAHL

- DENIS CLEMENT: Recrutado às pressas para substituir o baterista Clive Bunker, Clement caiu nas graças de todos que o assistiram tocar com a banda. Está sendo considerado, com absoluta unanimidade, como o mais digno seguidor do inesquecível ANDY WARD.

Em relação à discografia da banda, existe uma quase unanimidade relativa a 3 albuns - "Mirage" (1974), "The Snow Goose" (1975) e "Moon Madness" (1976).

Produziram, no entanto, muitas outras obras-primas, com destaque para seu 1º trabalho (intitulado "Camel", foi lançado em 1973), "Rain Dances" (1977), "Nude" (1981), "Harbour Of Tears" (1996) e "Rajaz" (1999), bem como as fantásticas performances gravadas ao vivo e registradas em "A Live Record" (engloba shows gravados em 1975 e 1977), "Never Let Go" (1993) e "Coming Of Age" (1998).

Como incrível curiosidade, não pode ser esquecido que "A Live Record" registra um dos mais inacreditáveis erros já vistos na Indústria Fonográfica, pois a quase totalidade da prensagem Brasileira veio com um disco INTEIRO gravado AO CONTRÁRIO, ou seja, só podem ser reproduzidos perfeitamente em toca-discos que possam girar em sentido inverso ao convencional.

Como quase todas as bandas Progressivas setentistas, a qualidade de seus trabalhos caiu consideravelmente no final dos 70 e início dos 80 (exceto "Nude"), mas, mesmo os discos mais fracos possuem grandes preciosidades, como a indescritível "Ice", de "I Can See Your House From Here" (1979), presença garantida no repertório dos shows brasileiros e "Stationary Traveller", do album homônimo (1984).


Em seus últimos trabalhos, porém, o CAMEL retornou com força total ao estilo que tanto o caracterizou - melodias arrebatadoras, longas passagens instrumentais, presença marcante da guitarra, teclados e flauta e arranjos vocais de grande suavidade e beleza


Mirage é o segundo álbum de estúdio da banda inglesa de rock progressivo Camel, lançado em 1974. É um dos álbuns mais famosos da banda, e contém uma de suas músicas mais conhecidas:

"Lady Fantasy". Também é marcado pelo som da flauta do líder da banda Andrew Latimer, em "Supertwister".Há apenas 5 faixas no disco, duas delas com mais de 9 minutos: a já citada Lady Fantasy: Encounter/ Smiles For You/Lady Fantasy e a épica Nimrodel/The Procession/The White Rider, baseada no livro O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien.

Lady Fantasy


Andrew Latimer: Guitar, Flute, Vocals
Peter Bardens: Keyboards
Doug Ferguson: Bass, Vocals
Andy Ward: Drums


1. Freefall
2. Supertwister
3. Nimrodel/The Procession/The White Rider
4. Earthrise
5. Lady Fantasy: Encounter/Smiles for You/Lady Fantasy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *