.

.

02/11/11

Alex Lifeson - Victor (1996)



ALEX  LIFESON



 Strip And Go Naked

O guitarrista do Rush é considerado o cientista da banda, pois busca constantemente sonoridades diferentes para expressar sua musicalidade. Em 1996, Alex lançou seu projeto solo, intitulado "Victor", um álbum  conceitual, inspirado num poema de W. H. Auden, onde aprofunda suas características inovadoras num trabalho bastante experimental e variado. Além do excepcional desenvolvimento de guitarra, também responde pelo baixo e sintetizadores, ratificando seu enorme talento multi-instrumentista, que inspirado por grandes guitarristas, como Eric Clapton e Jimi Hendrix, têm destaque entre seus maiores méritos, recriar-se constantemente num estilo próprio, misto de virtuosismo e comedimento de acordo com as circunstâncias. Sua forma de tocar é extremamente importante para completar a sonoridade da banda sem gerar conflitos entre os instrumentos.

Alex Lifeson, cujo nome verdadeiro é Alexander Zivojinovich, nasceu no dia 27 de agosto de 1953 em Fernie, British Columbia. Segundo ele, "Zivojinovich" se traduz como "filho da vida", o que originou seu nome artístico.

Extremamente versátil; riffs, solos e texturas, caracterizam-se por apresentar uma distribuição precisa sobre os tempos e um trabalho rítmico bastante elaborado. Junto com Geddy, compõe as músicas do talentoso trio.

Na minha modesta opnião , merecedor de um destaque muito maior no mundo do prog. rock, sem tirar o mérito, inquestionável, de Geddy Lee e Neil Peart, mas imaginar o som do Rush sem a técnica e o bom gosto de Alex Lifeson seria fatalmente forjar seu estilo, uma deformação da estrutura original.

Ainda sobre seu desempenho e a maneira que ele se enquadra no Rush, Lifeson declarou para a revista brasileira Cover Guitarra, que prioriza a originalidade em suas composições: "sempre procuro fazer algo que soe diferente do usual, que fuja do lugar-comum. Não quero ser o cara mais rápido da vizinhança e nem me importo com isso". O album conseguiu a posição 99 da Billboard 200 em 1996 e recebeu em 1997 o prêmio Juno pelo "Best New Group". Finalizando, cabe destacar Les Claypool (baixo na faixa 9) e a excelente performance da canadense Lisa Dalbello (voz na faixa 3). Boa audição!


Mr. X
Tracklist

1. Don’t Care (4:04)
2. Promise (5:44)
3. Start Today* (3:48)
4. Mr. X (2:21)
5. At The End (6:07)
6. Sending A Warning (4:11)
7. Shut Up Shuttin’ Up* (4:02)
8. Strip And Go Naked* (3:57)
9. The Big Dance (4:14)
10. Victor (6:25)
11. I Am The Spirit (5:31)

Start Today


megaupload (46.02 MB)
ou
rapidshare (48.22 MB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *