.

.

10/03/12

Ragnarök - Fjärilar I Magen (1979)



Första ön 

"Fjärilar I Magen", 2º álbum da competente banda sueca "Ragnarök", que têm seu estilo considerado prog folk, no entanto me parece que esta banda não se prende a nada muito específico, como a exemplo da composição acima, "Första ön", com um bonito interlúdio de piano no melhor estilo "jazzy" tendo como pano de fundo inicialmente uma guitarra espacial, vai progressivamente tornando-se cadenciado, baixo e da bateria crescendo para um "fusion" até com alguma semelhança ao grupo "Spirogyra", para então, demonstrando o seu belo trabalho como uma banda criativa e versátil, mudar sua textura num belo e melódico tema em seu ensejo. 

Apenas a ponta do iceberg. A banda contrariando completamente o perfil "prog folk" inova com criações como "Adrenalin", empreendendo um ritmo de riffs agressivos, bastante robusto, característico de muitos temas dos geniais "Stanley Clarke" e "Jeff Beck" dos anos 70.

"Fjärilar I Magen" é místico, têm forte presença de espírito em seu conteúdo que mescla momentos mais suaves como em seu primeiro trabalho, mas neste álbum esses momentos melódicos em cada faixa transformam-se em temas obscuros e agressivos, que se recriam, em constante evolução e contrastes, sempre a busca de ser experimental. Dentro deste prisma, então progressivo rico em alternâncias, repleto de atmosferas espaciais, leads de guitarra deliciosos e solos de flauta e sax transcendentais.

Ragnarök surgiu em Kalmar, Suécia 1972, fundado pelo guitarrista "Peter Bryngelsson", tornou-se profissional em 1975. O primeiro álbum autointitulado, foi gravado 1976, sendo produzido pela Silence Records, cuja repercussão positiva na Europa lhe rendeu um documentário de televisão e extensa turnê. 

Na verdade esta banda sueca que combina folk, fusion e symphonic prog. Possui em seus temas nuances de "King Crimson", ou Gong e outras bandas escandinavas, o que pode ser apontado como possíveis influências , mas "Ragnarök", realmente não soa como algo específico no geral. Eles fluem através abordagens pastorais à fusão progressiva, abstendo-se de alta tecnologia ou truques de estúdio, usando apenas pianos, gentilmente aportados por guitarras, certo momentos interessantes de flauta e sax, e um excelente trabalho de baixo e percussão. O álbum é muito mais sutil, do que poderia ser compreendido através de um estilo específico. 

Tudo é muito organizado, ambicioso, e bem pensado. Este é mais um tesouro perdido, verdadeiro representante do experimentalismo instrumental da década de 80. Boa audição!


Adrenalin 



 

Track Listings:
  1. Adrenalin (1:38)
  2. Första ön (6:18)
  3. Östen är röd (5:30)
  4. Var glad var dag! (4:02)
  5. Blåmolnfolket (8:18)
  6. Brushanespel (2:15)
  7. Vattenytor (8:30)



Blåmolnfolket 


Line-up/Musicians:
 
  • Peter Bryngelsson / guitars
  • Peder Nabo / piano, flute, pecussion
  • Dan Söderqvist / guitar
  • Thomas Wiegert / drums, percussion
  •  Kjell Karlgren / sax



Brushanespel 
 
rapidshare (47.77 MB / 256 Kbps)
narod.ru (50.46 МB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *