.

.

14/08/12

The Wall - Imagens inéditas celebram o 30º aniversário do filme

THE WALL RETROSPECTIVE
Foto: Setting up for The Wall exhibition, open from July 13th - July 18th
David Appleby 

As fotos inéditas em preto e branco, tiradas pelo fotógrafo David Appleby, foram descobertas no estúdio britânico Pinewood em Iver Heath , condado de Buckinghamshire, em Londres .

Uma exposição exclusiva de cenas dos bastidores da produção, após tantos anos, dispostas em mostra para comemorar o marco histórico, no Blackall Studios, em Shoreditch, Londres, entre 13 e 20 de julho de 2012, e continuam em exposição neste mês de agosto até setembroem Swanage, cidade costeira no sudeste de Dorset, Inglaterra.

Fazem 30 anos desde que a versão do clássico álbum do "Pink Floyd" foi visto nos cinemas retratado em "The Wall" que estreou oficialmente no cinema londrino Empire em 14 de Julho de 1982. A premiere teve muitos famosos, dentre eles, três dos quatro membros do "Pink Floyd", "Roger Waters", "David Gilmour" e "Nick Mason" - à exceção de "Richard Wright" que havia sido demitido por "Waters". As críticas de "The Wall" foram positivas, e o filme recuperou seu orçamento de US$12 milhões arrecadando $22 milhões somente nos Estados Unidos.

Roger Waters com Christine Hargreaves e Kevin McKeon
Roger Waters, Christine Hargreaves e Kevin McKeon que interpretou Pink jovem,
 capturados pelas lentes de David Appleby

A sombra Bob Hoskins joga-se a seu papel como a rocha e gerente rolo
Bob Hoskins, manager do músico num dos momentos mais dramáticos do filme

John Stanier filmes semi-nua Bob Geldof
O cameraman John Stanier tem Bob Geldof contra uma parede durante a filmagem do filme

"Roger Waters" não gostou muito do filme, definindo as filmagens como "uma experiência enervante e desagradável", e disse que não conseguiu se envolver com a produção ao assistí-la, mas elogiou a performance de Geldof.

Parker teve diversos conflitos com Waters e Scarfe durante a produção, descrevendo as filmagens como "uma das experiências mais miseráveis da minha vida", e mais tarde se referiu a "The Wall" como "o mais caro filme de estudante já produzido". "David Gilmour" disse que seus conflitos com "Waters" começaram na produção do filme.

 Alan Parker, Brian Morris e Gerald Scarfe, em conversa
Diretor Alan Parker conversa com o desenhista de produção Brian Morris,
 e o cartunista Gerald Scarfe em uma sala de reuniões no Pinewood Studios

Locals em Devon se juntou ao elenco como extras para as filmagens de cenas de guerra
Moradores de Devon juntaram-se ao elenco como extras para as filmagens de cenas de guerra

Alan Parker dirige Bob Geldof em conjunto
O diretor Alan Parker parece absorto em pensamentos ao lado de Bob Geldof 

David Appleby começou sua carreira como fotógrafo de publicidade e mais tarde foi introduzido na indústria cinematográfica por Lord David Puttnam e o próprio Alan Parker, com quem formou estreitas relações de trabalho, em obras-primas cinematográficas como: "The Killing Fields", (Os Gritos do Silêncio), "The Mission" (A Missão), "Mississippi Burning", (Mississípi em Chamas) e "Evita".

O boneco assustadora usado para descrever o pai-de-rosa no filme
O boneco usado no filme para representar o pai do músico problemático.

Alan Parker depois acabou descrevendo a produção como "uma das experiências mais miseráveis​" de trabalho em sua vida, em um livro comemorativo.

Alan Parker e Bob Geldof em Sihouette
O diretor e o protagonista Geldof  são retratados em silhueta nesta imagem previamente invisível

 por David Appleby

O filme estrelado por um jovem Bob Geldof em seu auge no Boomtown Rats, como Pink, retrata um músico em meio à um colapso.

As fotos certamente emocionaram os fãs que puderam estar presentes. Um olhar exclusivo sobre o "making of" do filme dirigido por Alan Parker e que contou com 15 minutos de animação, desenhados pelo renomado  ilustrador político, Gerald Scarfe.

Imagens espontâneas que registraram tanto sequências chocantes das cenas do filme, quanto icônicas:

 por David Appleby

 by David Appleby

 por David Appleby

 por David Appleby

 por David Appleby

 por David Appleby

Roger Waters liberou o filme na íntegra no YouTube:

1:35:07



*Fato relevante sobre o protagonista do filme:

Em 13 de julho de 1985 Bob Geldof, vocalista da banda Boomtown Rats, organizou o show de rock mundialmente conhecido, o Live Aid, que teve a participação de artistas lendários do pop music e do rock mundial reunidos por uma causa comum: arrecadar fundos para combater a fome e a pobreza no continente africano, especialmente motivado pelo drama vivido pela Etiópia.

Foram realizados dois shows, um no já lendário Wembley Stadium de Londres, na Inglaterra e o outro no JFK Stadium na Filadélfia, nos EUA.

O evento Live Aid conseguiu em 16 horas de show acumular cerca de US$ 100 milhões, totalmente destinados ao povo da África. Todo este processo culminou como uma referência histórica na música, tornando a data 13 de julho o dia mundial do rock.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *