.

.

08/11/12

Roger Waters na Classic Rock


Waters vows to make new album

"Roger Waters" em *matéria divulgada hoje no site da Classic Rock, reforçou a sua determinação em realizar mais um álbum. Ele que já comentou anteriormente que vinha compondo durante os intervalos em sua turnê mundial "The Wall",  afirma que agora está obcecado com este propósito. "Waters" planeja chamar o álbum "Heartland" e pretende  abordar os malefícios do extremismo religioso.

A matéria destaca as cifras da turnê, onde mais uma vez o mito do "Pink Floyd" supera as expectativas mais otimistas. Ninguém foi capaz de prever o sucesso do álbum "The Dark Side Of  The Moon", tampouco sua perpetuidade entre os mais vendidos ao longo de décadas. E assim sucessivamente o músico encantou os mais variados públicos com grandiosas realizações até produzir "The Wall", onde além do universo musical, consagrou-se no cinema. E por ser incrível o "Pink Floyd" mesmo sem ele, superou de novo todas as expectativas sob a regência de "Gilmour", quando literalmente lotou estádios ao redor do planeta enquanto se apresentou, e até hoje em dia um espetáculo visual insuperável. 

Não saberia dizer o que realmente se passa na cabeça de "Roger Waters", podendo reviver uma das obras mais significativas da história rock com tamanha expressão de sucesso, mas sem dúvida ele pode acreditar que no meio musical, ele está mais vivo do que nunca, e em seu momento mais glorioso desde que se separou do grupo. Por isso é obvio, que constatar seu entusiasmo na elaboração de um novo projeto pode ser tudo, menos ser surpreendente. 

A matéria lembra de sua possível aposentadoria, mas que viver o sucesso de sua turnê, e momentos como o emocionante reencontro com "Gilmour" e "Mason", somaram-se à antigas ideias para promover o combustível mais do que suficiente.

Também que "Waters" disse à Rolling Stone: “A ideia do "Heartland" veio de uma música que compus há 15 anos, ou mais, que foi uma música que compus para um filme. Um filme bem ruim chamado Michael que era sobre um anjo.”

E que ele vem trabalhando em uma faixa que ele ainda não intitulou. “Não sei como ela deve se chamar, mas lhe digo qual a primeira estrofe: ‘Se eu fosse Deus...’”

Waters continua: “Estou absolutamente determinado a fazer mais um álbum. Acho que essa nova música pode me dar a chance de fazer isso.”

“Ela me dá uma pedra angular e uma ideia central para eu compor a respeito. Eu estou meio que obcecado com a ideia de que o extremismo religioso é um fator maligno na maior parte de nossas vidas.”

Classic Rock ainda escreve que ele disse que Gilmour e Mason não estarão no álbum, (talvez essa seja a única coisa que eu vejo como impossível), com quem ele trabalhou pela última vez em no disco anti-guerra de 1983, The Final Cut.

Ele crê que muitas das mensagens dele ainda são válidas, explicando: “Estamos determinados a continuar a lutar contra a opressão, por assim dizer, de uma sociedade enlouquecida pela corrida desenfreada pela maximização do lucro.”

Quando ele lançou o projeto da turnê em 2010, ele disse que seria seu último, mas posteriormente explicou: “Ainda não me decidi – eu fiquei muito apaixonado pelo show ao ar livre. É tão divertido de se fazer que acho que ainda tenho mais em mim.”


E a Tour "The Wall" 2013 já dá seus primeiros passos:

Roger Waters 2013 Tour The Wall Live neste site roger-waters-Tickets já teve início o trabalho promocional para apresentações na Alemanha.

Anmelden für Dein Roger Walters “The Wall” Open Air 2013 Ticket!


Roger Waters comenta sobre o álbum "Heartland"

"Roger Waters" compareceu no programa de culinária "On The Table Full" de seu amigo Eric Ripert. Também nesta oportunidade ele comenta entre outras coisas, sobre seu próximo álbum "Heartland", e das suas convicções políticas e religiosas.



*A matéria como foi publicada na Classic Rock:

More to come: Roger Waters

Roger Waters has vowed he’ll make another album after starting to write during lunch breaks on his The Wall world tour.

The former Pink Floyd man has been toying with the idea of retirement ever since he announced the ambitious global trek, which included an emotional onstage reunion with former bandmates David Gilmour and Nick Mason.

Waters plans to call the album Heartland and the work will explore concepts of religious extremism.

He tells Rolling Stone: “The Heartland idea came from a song I wrote 15 years ago, or longer even, which was a song I wrote for a movie. A really, really bad movie called Michael that was about an angel.”

He’s been working on a track which he hasn’t titled yet. “I’m not sure what it would be called but I’ll tell you what the first line is: ‘If I had been God…’”

Waters continues: “I’m absolutely determined to make another album. I think this new song may give me the chance to do that.

“It provides a cornerstone and a core idea for me to write about. I’m sort of obsessed with the idea that religious extremism is a maligned factor in most of our lives.”

He’s said Gilmour and Mason won’t appear on the album, with whom he last worked on 1983 anti-war record The Final Cut.

He believes many of its messages are still valid, explaining: “We’re determined to continue to fight against the onslaught, if you like, of a society driven mad by the headlong rush to maximise the bottom line.”

Water’s The Wall tour was the biggest-grossing travelling show of 2012, taking $131.4million in the six months up to the end of May. When he launched the project in 2010 he said it would be his last, but later explained: “I haven’t made up my mind – I’ve become very enamoured of the outdoor show. It’s such fun to do that I think I’ve got some more in me.”




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *