.

.

21/01/13

David Gilmour - Island In Oakland (2006) 2012



Where We Start (legendado)

Imagine ver "Pink Floyd" se apresentando em um pequeno teatro, um ambiente mais íntimo ou mesmo um clube, algo que a maioria dos fãs com menos de 50 anos nunca teve a chance de fazer. Isso foi muito bonito, ver "David Gilmour" em concerto no Teatro Paramount na adorável em Oakland, CA.

David GilmourIsso não quer dizer que o lendário guitarrista-vocalista tenha dedicado o show para mais conhecidas canções do Pink Floyd. Ao contrário, o concerto de Gilmour, nesta segunda (4/17) esteve fortemente focado em seu novo material e faixas que posto, pelo menos, relativamente falando, como obscuridades do Pink Floyd.

Impressionantemente, como o novo material e as jóias "esquecidas" soaram quase tão bem como as favoritas elegidas pelos fãs.

Aos 60 anos de idade, Gilmour, está em turnê promovendo "On an Island". É um grande negócio para Gilmour ter um novo produto nas prateleiras. Sua gravação solo anterior data de 1984, "About Face" e seu último trabalho de estúdio com Pink Floyd foi em 1994, "The Division Bell '' É por isso que os fãs estavam extremamente ansiosos sobre um desses shows, os quais tiveram seus respectivos ingressos esgotados rapidamente.

"Gilmour" foi apoiado por uma banda excelente, que incluía o tecladista "Rick Wright". Isso significava que os fãs estavam testemunhando dois terços da última formação do "Pink Floyd". E o fato é que o "Pink Floyd" foi , por assim dizer, um trio por cerca de quase a metade da carreira da banda. Com o devido respeito a Nick Mason, baterista de longa data do grupo de rock clássico, observando o que Gilmour e Wright realizam juntos era muito próximo perto de ouvir o próprio "Pink Floyd".

David GilmourIgualmente importante é que Gilmour foi acompanhado por "Phil Manzanera" do Roxy Music. "Manzanera" pode ser visto como um dos guitarristas mais subvalorizados no planeta. Gilmour, no entanto, soube reconhecer seu valor. E esses fãs que estiveram presentes também o descobriram, viram como "Manzanera"  realizou trabalho de alto nível durante toda a noite.

"Gilmour" abriu seu set de duas horas de forma espetacular, com uma viagem de volta ao "The Dark Side of the Moon", que fez com que os fãs de reagissem como se notas de US $ 100 estivessem caindo do teto.O guitarrista estelar, que foi classificado pela revista Rolling Stone como um dos 100 melhores de todos os tempos, começou com "Breathe" e seguiu com "Time". Apesar de que é seguro dizer que estes fãs tenham ouvido aquelas faixas dezenas de vezes, ambos os números soaram incrivelmente frescas e excitantes. Não é de admirar que "Dark Side" continue a encontrar o seu caminho nas listas das novas gerações de ouvintes.

Gilmour, em seguida após "The Dark Side", executou "On an Island" do início ao fim. Essa foi uma ótima maneira de apresentar o álbum - como uma obra de arte completa.Trabalho de "Gilmour" com sua guitarra foi brilhante e destaco a absolutamente linda "Castellorizon" e também a faixa-título.

David GilmourApós uma pequena pausa, o grupo de Gilmour estava de volta para um segundo conjunto que abriu de forma emocionante com o clássico "Shine on You Crazy Diamond" (de 1975 do "Wish You Were Here"). Veio em meu pensamento que esta música marcou o início de uma verdadeira avalanche nas melhores rádios classic-rock, e que traria canções como "Money", "Us and Them", "Have a Cigar" e "Another Brick in the Wall, Pt. 2. . "

Gilmour, no entanto, tinha outros planos. Ele imediatamente mergulhou em seu saco de obscuridades e apresentou versões de "Wots ... Uh The Deal" (1972, "Obscured by Clouds"), "Dominoes" (Syd Barrett) e "High Hopes", ("The Division Bell ").

Ele fechou o set principal com um retorno emocionante de "Echoes", o épico de 20 minutos, mais difundido a partir de 1971("Meddle"), e depois voltou para o bis "fã-friendly" de "Wish You Were Here" e "Comfortably Numb. "

Eu aposto que você queria que você estivesse lá.
  (Jim Harrington)

Como em toda a turnê. Um excelente show, e neste, a oportunidade desta excepicional remasterização feita no Japão (sempre o mais alto nível), cuja a qualidade é excelente. Um país que sem dúvida têm muita gente que preza e sabe como tratar registros de audiência, ou mesmo LPs. Boa audição!



Echoes (fragmentos)



David Gilmour

"Island In Oakland"
17 April 2006 Live AT Paramout Theatre,
Oakland, CA, USA.
LEM 032 - (P) 2012    
Made In Japan
Proffessional Made CDR

Disc 1:

1. Speak To Me 1:15
2. Breathe 2:47
3. Time 5:25
4. Breathe (reprise) 2:22
5. Castellorizon 4:01
6. On An Island 7:59
7. The Blue 5:33
8. Red Sky At Night 3:26
9. This Heaven 4:47
10. Then I Close My Eyes 7:44
11. Member Introducing 1:23
12. Smile 4:41
13. Take A Breath 6:49
14. A Pocketful Of Stones 6:23
15. Where We Start 7:31

Total Time: 73:06

Disc 2:

1. Intro 1:04
2. Shine On You Crazy Diamond Pt I-V 11:02
3. Wearing The Inside Out 8:15
4. Fat Old Sun 7:15
5. Arnold Layne 3:54
6. Coming Back To Life 6:50
7. High Hopes 9:58
8. Echoes 24:43

Total Time: 74:01

Disc 3:

1. Wish You Were Here 5:47
2. Comfortably Numb 10:08

Total Time: 15:55

Band:

David Gilmour: Lead Guitar,Acoustic Guitar,Saxophone & Vocals
Richard Wright: Keyboards & Vocals
Phil Manzanera: Guitars & Vocals
Jon Carin: Keyboards,Lap Steel Guitar & Vocals
Guy Pratt: Bass Guitar & Vocals
Dick Parry: Saxophones & Keyboards
Steve DiStanislao: Drums,Percussion & Vocals




Wish You Were Here / Comfortably Numb

Mp3 - 302 Kbps - 48 kHz
uloz.CD1 (237,14 MB)
uloz.CD2 (195,77 MB)
uloz.CD3 (40.73 MB)
ou 
multiupload.CD1 (226,15 MB)
multiupload.CD2 (187,70 MB)
multiupload.CD3 (38,84 MB)
ou
uploading.CD1 (226,10 MB)
uploading.CD2 (187,70 MB)
uploading.CD3 (38,80 MB)


Depoimento de um fã sortudo...

... a banda soava fantástico com a acústica extraordinária do Paramount. Não houve banda de abertura, e Gilmour tocou por quase 3 horas seguidas - incluso um intervalo de 20 minutos. Mesmo tendo adorado o CD, eu tenho que dizer que a versão ao vivo de seu novo álbum é muito melhor. O segundo set foi o que o público inteiro estava esperando - canções da era "Floyd"! Os destaques incluem a jam session de 20 minutos Echoes (indescritível). E também Arnold Layne fez a sua aparição... 'a primeira vez em um show ao vivo desde que o Pink Floyd excursionou nos anos 60, amis precisamente em 1967. Um show fantástico! Gilmour Segunda-feira 17 abril no Paramount Theater, abriu com Intro: Speak to Me / Breathe / Time / Breathe (reprise)...  O restante da a primeira metade do show consistiu em músicas do álbum mais recentes. Meu preferido: Echoes (inacreditáveis 20 minutos de jam session!) Encores: "Wish You Were Here" e  "Comfortably Numb"... "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *