.

.

12/09/13

Documentário investiga "filme alucinógeno" que nunca foi feito


O cineasta chileno Alejandro Jodorowsky

Em 1974, o cineasta chileno Alejandro Jodorowsky começou a trabalhar numa adaptação do romance de ficção científica "Duna", com música do Pink Floyd, um elenco que incluía Mick Jagger e o objetivo de fazer o público experimentar alucinações sem o uso de drogas.

Return to tiff.'s home pageO filme nunca foi feito, mas "Jodorowsky's Dune", um documentário exibido na terça-feira (10) no Festival Internacional de Cinema de Toronto, argumenta que não se trata apenas de uma obra-prima perdida, mas de um marco na ficção científica, com reflexos na popular série "Alien".

O norte-americano Frank Pavich teve a ideia de fazer esse documentário ao ver uma lista dos grandes projetos cinematográficos nunca realizados

"É interessante pensar nesse mundo alternativo de filmes que poderiam ter sido", afirmou o documentarista. O caso de Jodorowsky foi escolhido, disse ele, "porque é o mais fantástico de todos, é de longe o maior".

Jodorowsky, hoje octogenário, conta no filme que decidiu rodar "Duna" mesmo sem ter lido o livro, apenas por ouvir referências de um amigo. O romance narra a épica batalha pelo controle de um planeta deserto que produz uma especiaria crucial para as viagens especiais.

Mas o cineasta não estava muito preocupado com a fidelidade ao original, pois via o filme principalmente como um veículo para ampliar consciências. "Eu queria criar um profeta para mudar as mentes jovens do mundo. 'Duna' seria a chegada de um deus artístico e cinemático", diz ele no documentário.



Seu mais recente trabalho:
LA DANZA DE LA REALIDAD d'Alexandro Jodorowsky



Sinopse:
Eu procurei desesperadamente por um caminho e um sentido para a vida. "Esta frase define perfeitamente o projeto biográfico Alexandro Jodorowsky: restaurar a incrível aventura e busca que era a sua vida.

O filme é um exercício de autobiografia imaginária. Nascido no Chile em 1929, na pequena cidade de Tocopilla, onde o filme foi rodado, Alejandro Jodorowsky foi confrontado com uma educação muito dura e violenta em família. Embora os fatos e os números sejam reais, é mais ficção do que realidade em um mundo poético onde o diretor reinventa sua família, incluindo seu pai, o caminho para a redenção, a reconciliação do homem e de sua infância.

Ele pinta um afresco onde exalta a existência além de qualquer medida, o potencial de ser, a fim de impulsionar os limites da imaginação e da razão, e aumentar a transformação do potencial de vida que está em nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *