.

.

24/03/12

King Crimson – Live In Central Park (1974) Club10, 2000

King Crimson - 1974-07-01 Live in Central Park, NYC (2000)

Starless

"King Crimson" realiza histórica performance ao vivo com um show no Central Park de Nova York em 01 de julho de 1974. Após anos de turnês e lançando dois importantes álbuns do rock progressivo, "Larks’ Tongues In Aspic" e "Starless And Bible Black", foi a sua segunda apresentação em Nova York, um ano depois do show de 01 de maio no "Felt Forum", e o segundo show em tantos anos no Central Park , um dos poucos que foi filmado deste período.

"Live In Central Park" é uma excelente gravação estéreo de audiência em  todo o conjunto. Foi realizado bem perto do palco, captando a dinâmica e o peso do desempenho da banda. 

Uma das performances mais intensas de King Crimson já registradas, até mesmo os membros da banda eram unânimes em elogiar o desempenho do conjunto. John Wetton disse que "havia bastante testosterona no palco naquela noite para dirigir um F-14", ( F-14 Tomcat é um caça bilugar supersônico), e Fripp diria: "pensei estar revivendo algo tão mágico como as melhores performances de 1969... fora deste mundo".

Destaque do show, "Starless" têm mais de 12 minutos. "Fripp" introduz a canção, chamando-a de "uma breve explosão no cosmos"... A teatralidade do espetáculo correspondeu perfeitamente à música, como "Fripp" lembrou depois, quando ele disse que: "À medida que o sol se pôs, mudamos para um riff de baixo sinistro que emergia do vocal em "Starless", ao tempo em que luzes do palco todo vermelho iam desbotando por trás da banda. Para mim, um momento teatral impressionante  destacando a tensão retida da peça e do grupo: um momento de ressonância".

Embora considerando que este evento representou um sucesso artístico que muitos esperavam se traduziria em um reconhecimento mais mainstream, "Fripp" rompeu unilateralmente a banda mais tarde no verão, enquanto eles estavam gravando "Red".

Fato histórico também, o encarte contém o diário Fripp da última semana da turnê e suas reflexões sobre o evento. "Live In Central Park" é um conjunto potente e compacto de uma das maiores performances de "King Crimson". Com certeza... Boa audição!



King Crimson

Live In Central Park - 1974 
The Collectors' 10 - 2000


Members:


CD Foto da capa
  • Robert Fripp / guitar, mellotron, electric piano
  • David Cross / violin, mellotron, electric piano
  • John Wetton / bass guitar, vocals
  • Bill Bruford / drums, percussion

Video: Bill Bruford book trailer | Rhythm | MusicRadar.com

Tracks:
  1. No Pussyfooting (Brian Eno, Robert Fripp) 2:11
  2. 21st Century Schizoid Man (Fripp, Michael Giles, Greg Lake, Ian McDonald, Peter Sinfield) 7:58 
  3. Lament (Fripp, Richard Palmer-James, John Wetton) 4:49 
  4. Exiles (David Cross, Fripp, Palmer-James) 7:53 
  5. Improv: Cerberus (Bill Bruford, Cross, Fripp, Wetton) 8:27 
  6. Easy Money (Fripp, Palmer-James, Wetton) 6:26 
  7. Fracture (Fripp) 11:20 
  8. Starless (Bruford, Cross, Fripp, Palmer-James, Wetton) 12:31 
  9. The Talking Drum (Bruford, Cross, Fripp, Jamie Muir, Wetton) 5:30 
  10. Larks' Tongues in Aspic (Part II) (Fripp) 6:55



Larks' Tongues in Aspic (Part II)

Mp3 - 320 Kbps (175.17 MB)

Um comentário:

  1. Sinto-me vivo e feliz por fazer parte da confraria do rock e por ser um dinossauro aficionado da boa música!
    Abraços!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *