.

.

31/03/13

Pink Floyd - Saint Ouen 1972 (Sigma 72)


09/12

Este show realizado no dia 01 de dezembro de 1972, Centre Sportif de l’Ile des Vannes, Saint Ouen, na França, foi transmitido ao vivo pela rádio RTL. No entanto,  ela foi uma estação em AM e a transmissão era em mono. Existem algumas oscilações e flutuações no volume, nada que comprometa. No todo é um bom registro, a gravação teve um trabalho muito bom, proporcionando-lhe um efeito pseudo-stereo eficiente. Em especial, "Childhood’s End", que têm neste episódio, uma de suas melhores gravações. Creio no entanto, que a melhor seja a de Zurich em 09.12.72.

Em 1972, a RTL era a estação de rádio mais popular da Europa. Apesar de ter seu estúdio na França (público-alvo), ela teve um transmissor extremamente poderoso em Luxemburgo visando suplantar a legislação francesa que proibia a radiodifusão privada na época. Consequentemente, ela podia ser ouvida por toda a Europa Ocidental, mesmo na Escócia, durante dias mais claros. Na época, o Pink Floyd era muito popular na França. Sabedores do seu prestígio, a banda fez várias turnês por lá.

É curioso a banda ter concordado em transmitir um de seus shows ao vivo pela RTL, porque nesta época "Pink Floyd" tinha fortes laços com a BBC. Mas a RTL estava patrocinando nove de seus concertos na Europa em língua francesa nesta etapa, e não é tão surpreendente, talvez parte do negócio. O show aqui é o segundo a partir dessas nove datas. Esta foi sua última transmissão ao vivo em qualquer mídia até o ano de 1989. Em verdade TV de Veneza gravou um show, (gravado em novembro de 1974, mas foi editado antes de ser transmitido. e isto se deu muitos meses mais tarde). Dai sua importância histórica ser tão relevante.

A primeira metade de "Dark Side" seria o mais próximo que eles iriam atingir da versão final antes do lançamento do álbum oficial, no início de 1973. "On The Run" ainda seria reformulado, mas "The Great Gig In The Sky" apresenta a mesma melodia de piano por Richard Wright, faltando ainda os vocais. 

Também o sax ainda não se faz presente, que desempenha um papel importante nesta peça, bem como em "Money" e "Us and Them".  Entretanto a falta do saxofone é compensada pelos teclados de "Wright". Eles são muito mais proeminentes nestes arranjos do que viria ser no ano seguinte. Particularmente, prefiro muito mais os teclados. 

Além disso, a banda oferece um desempenho fantástico, sincronizado, confiante e entusiasmado da sua nova obra-prima . Outro detalhe curioso, o microfone de "Roger Waters" não está funcionando, e ninguém percebe até que chegue a hora de "Brain Damage" e "Eclipse", músicas que só acontecem com seus vocais. 

Dada esta ser é a primeira apresentação do novo álbum em Paris, o público lhes dá uma resposta entusiástica. Mas as coisas esquentam ainda mais na segunda parte, quando a banda toca as antigas e mais conhecidas canções, começando com um grande desempenho em "One Of These Days".

Apenas também à título de curiosidade, antes de "Careful With That Axe Eugene", o locutor RTL fala um pouco, mas nada que possa ser inconveniente. Ele diz: “Le deuxième titre que nous allons entendre de Pink Floyd, je vous rappelle que vous écoutez RTL et que c’est la deuxième partie du concert que Pink Floyd a donné à Paris Vendredi dernier, le deuxième morceau que nous allons entendre c’est ‘Careful with that Axe, Eugene’ …hmm, je ne sais pas très bien si ‘Axe’ s’écrit en tant que ‘Hache’ ou en tant que ‘Axe’. Vous savez que les membres de Pink Floyd sont tous d’anciens étudiants en architecture et ils aiment bien jouer un petit peu sur les ‘Careful with that Axe, Eugene’… Floyd Pink.”

Algo como "o segundo título que vamos ouvir de "Pink Floyd", lembro-lhe que você ouve a RTL e que esta é a segunda parte do concerto que "Pink Floyd" deu em Paris sexta-feira, a segunda música que nós vamos ouvir é " ... hmm, eu não sei muito bem se Axe é escrito como Axe ou como eixo. Você sabia que os membros do "Pink Floyd" são todos antigos alunos de arquitetura e que eles gostam de tocar um pouco mais quando é "Careful With That Axe Eugene"? ... com vocês, "Pink Floyd".

O show prossegue com a maestria de sempre. Até que então chega a vez de "Childhood’s End", que seria o encore no resto da turnê europeia até o início da turnê nos EUA em março, depois não mais. Confesso que este é o principal motivo deste post. Eu adoro está canção, e principalmente ao vivo a melodia é cativante, o mestre "Richard Wright" com excepcional desempenho em seu Hammond promove uma sensação essencialmente progressiva. O instrumental em seu todo é muito legal, tanto pelo baixo de "Waters" num ritmo bastante agradável, quanto "Gilmour" com belíssimos acordes, repleto de improvisos. Saint Ouen 1972 é um lançamento da Sigma muito interessante. O show é raro, e a qualidade do som é boa o suficiente para ser um importante complemento à  coleção. Boa audição!





Pink Floyd
Centre Sportif de l’Ile des Vannes, 
Saint Ouen, France
December 1st, 1972
Sigma 72 (2012)


Disc 1 (47:17):

01. Speak To Me
02. Breathe
03. On The Run
04.Time
05.Breathe (Reprise)
06. The Great Gig In The Sky
07. Money
08. Us And Them
09. Any Colour You Like
10. Brain Damage
11. Eclipse

Disc 2 (55:24):

01. One Of These Days
02. Careful With That Axe Eugene
03. Blues
04. Echoes
05. Childhood’s End



O vídeo diz respeito a tour de 72, mas outra ocasião (Amsterdan). As imagens não são muito boas, mas é raro algum registro até mesmo com alguma coerência entre áudio e imagens, e infelizmente, bootlegs desta data são muitos ruins em termos de som. Achei interessante a oportunidade para quem possa desconhece-lo.


Live for the Amsterdan Rock Circus
Olympic Stadium, Amsterdam, Netherlands - May 22, 1972

FLAC
CD1:
mediafire.part1  - (166,48 MB)
mediafire.part2  - (119,29 MB)
CD2:
mediafire.part1 - (171,60 MB)
mediafire.part2 - (111,84 MB)

Mp3- 320 Kbps - 48 kHz
mediafire.CD1 - (91,00 MB)
mediafire.CD2 - (103,00 MB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

David Gilmour


Por gentileza informe links quebrados - Please report broken links

Nome

E-mail *

Mensagem *